Notícia

Vencida pelo comércio eletrônico, a Macy’s vive o apocalipse do varejo

quarta, 19 de fevereiro de 2020
Fechamento de lojas nos EUA lança luz sobre um fenômeno: a revolução provocada pela Internet no modo como as pessoas compram.

​​​​​

A poderosa cadeia norte-americana de lojas de departamento Macy’s Inc. planeja fechar 125 lojas nos próximos 3 anos, uma franca admissão de que pelo menos 1/5 de suas locações físicas não consegue mais sobreviver na esteira do aumento do e-commerce e de menos idas aos shopping centers por parte dos consumidores.

A empresa também está cortando pelo menos 2.000 cargos corporativos, cerca de 10% de sua força de trabalho em nível administrativo.

Somente nos Estados Unidos, mais de 12.000 lojas fecharam as portas devido a vários fatores, liderados pelo E-Commerce e incluindo super expansão de shoppings, aumento de aluguéis e mudanças nos hábitos de compras dos consumidores.

No Brasil, o comércio eletrônico cresce exponencialmente. Segundo a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) o comércio eletrônico vai atingiu um volume de vendas de R$ 79,9 bilhões em 2019, representando um crescimento de 16% comparado com o resultado atingido em 2018 pelas lojas virtuais do País, sendo o maior avanço anual verificado desde 2015.

Fonte: https://www.7ports.com.br